Os próximos Intel Atom poderão vir com GPU integrada

intel_atom_logoNovidades quentes que vem da mão da Intel, e é claro referem-se a microprocessadores. Os próximos Intel Atom poderão trazer um processador gráfico integrado, se bem que a informação não provem de fontes oficiais e nem tem uma data exata de lançamento.

O que implica um processador gráfico integrado em uma CPU do tipo Atom? Basicamente, se conseguirá reduzir o consumo total e final do conjunto, que se já é baixo poderá ficar irrisório. Se olharmos do lado do rendimento não devemos obter grandes diferenças, mas esta é a evolução natural destas tecnologias. Não podemos esquecer que não seria simplesmente um Atom atual com uma GPU integrada, senão a evolução de um Atom atual com uma GPU básica integrada.

Apenas conhece-se informações sobre qual será a GPU integrada, embora o ideal seria a implementação de um Intel da nova Série 5, cuja chegada está prevista para 2010. No entanto, é mais provável que a Intel prefira integrar em sua série 4, menos potente mas mais estudadas e trabalhadas que a série 5.

O nome em código que é dado a estes Intel Atom com GPU integrada é PineTrail-D, e prevê-se que sejam apresentados os primeiros modelos mononúcleo em finais de 2009. Já para 2010 chegariam as versões de núcleo duplo, supostamente com maior potência em todos os aspectos.

Não podemos esquecer que a concorrência também está movendo-se nesta área. Por um lado a AMD e a Fusion, e por outro o NVidia Ion. São duas tecnologias que se mostram muito interessantes para determinadas tarefas domésticas, mas ainda necessitam de alguns meses, quem sabe anos, para chegar ao mercado.

Via Xataka

AMD Phenom II X4 confirmados para 2009

amd_phenom_x4

Junto com os novos Opteron de 45 nanometros, AMD também confirmou que tem quase pronto os AMD Phenom II X4, o que é o mesmo de: a nova geração de seus microprocessadores para o mercado doméstico.

Como seu nome indica, os Phenom II X4 são processadores de quatro núcleos que fazem parte da plataforma AMD Dragon, com a qual a AMD quer fazer frente a plataforma Montevina da Intel.

AMD Dragon significará, segundo AMD, uma notável melhora em várias das características em relação a atual plataforma, Spide, da qual fazem parte os processadores como o Phenom X4 9850. Com Dragon chegarão, além deste, grande parte das melhorias que foram adicionados aos últimos Opteron apresentados recentemente, entre as quais podemos encontrar algumas evoluções naturais no campo dos processadores: principalmente, maiores frequências dos núcleos, maior potência e menores consumos, o qual implica uma melhor taxa de rendimento para a nova geração Phenom II.

Leia o resto deste post »

AMD Opteron, agora com 45 nanometros

AMD apresentou os novos processadores Opteron fabricados com 45 nanometros. Lembramos que os Opteron são os microprocessadores da AMD para estações de trabalho e servidores.

amd_opteron_quadcore_shanghai

O novo processo de fabricação em 45 nanometros implica que, além de equiparar-se a grande maioria dos processadores Intel, ganha-se um rendimento extra em relação a geração anterior de processadores da própria AMD. Segundo eles mesmos, estes novos AMD Opteron Shanghai são até 35% mais efetivos que a geração anterior de Opteron, os denominados Barcelona que foram lançados algo mais de um ano.

Leia o resto deste post »

Intel publica especificações da USB 3.0

A Intel publicou parte do relatório preliminar das especificações para USB 3.0, um movimento que poderá acelerar a publicação da nova geração no padrão de transferência de dados.

A revisão do relatório de especificações 0.9 do Extensible Host Controller Interface (xHCI) está disponível em forma de licença livre de royalties para todos os membros do USB 3.0 Promoter Group, como AMD, Dell, Microsoft e Nec.

USB 3.0 – também conhecido como SuperSpeed USB – espera-se que permita velocidades de transferência de até 4.8 Gbps, um salto significativo a partir dos 480 Mbps suportados pela atual especificação USB 2.0.

A Intel declarou que espera publicar uma versão revisada da especificação xHCI 0.95 em final deste ano, e a tecnologia estaria disponível para 2010.

Via Gizmotika