O que é um ERP

Um ERP (Enterprise Resource Planning) é um software de gestão integral que cobre todas as áreas em que trabalha uma empresa. A vantagem destas soluções é que a informação é introduzida uma única vez e, estará disponível para todos que devem tratá-la de uma ou outra forma. Quando o departamento de compras introduz os dados de uma fatura, estes já estão disponíveis para a contabilidade, controle de estoques e gerência, que os tratam segundo suas necessidades de informação.

erp

Está composto por diferentes módulos que cobrem cada uma das atividades que realizamos na empresa, contudo ao utilizarmos um software ERP não quer dizer que tenhamos que utilizar todos os seus módulos, mas sim que todos estejam disponíveis caso necessário. Todos estes sistemas dispõem de uma série de características que os definem, sobre as quais destacaríamos as seguintes:

  • Base de dados centralizada: todo o sistema compartilha uma única base de dados na qual se armazena toda a informação da empresa.
  • Dado único: a informação é introduzida uma só vez no sistema, e de forma completa (se introduzem todos os dados necessários), para que desta forma fique disponível para o restante da organização.
  • São modulares: está composto de diferentes módulos (faturamento, contabilidade, recursos humanos, vendas, etc.) que interagem entre si, permitindo o fluxo de informação entre eles.
  • São adaptáveis: há que pensar no ERP como um pedaço de argila que cada empresa modela de acordo com as suas necessidades, sem mudar a essência do produto.

Mesmo sendo soluções adaptáveis não evitará que seja necessário mudar os processos de negócio da empresa para ajustá-los a forma de trabalhar deste software. A profundidade desta mudança dependerá de cada empresa, mas poucos são os casos em que não é necessário efetuar alguma, sendo um dos motivos mais frequentes de fracasso nas implantações que se realizam.

Em princípio qualquer ERP serve para qualquer empresa, a dificuldade e o custo de adaptá-lo as necessidades específicas de cada uma tem levado a popularização dos chamados ERP’s verticais, que são adaptações setoriais (para empresas construtoras, fabricantes de produtos, distribuidoras, etc.) que já dispõe de uma configuração pré-estabelecida de acordo com os processos habituais destes tipos de empresa. Isto permite que a necessidade de personalização seja menor, barateando o custo final da solução.

Nem todas as empresas necessitam deste tipo de produto, e não são necessariamente melhores que outros sistemas de gestão, mas suas características os tem tornado muito populares e, o grande número de pequenas empresas existentes tem levado os fabricantes e parceiros que os comercializam a tentar adequar suas soluções às características destas organizações, pelo que dispomos de muitas alternativas de escolha.

Via Tecnologiapyme

Anúncios

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s