Veja sobre o novo navegador do Google

Google Chrome: o navegador web do Google. Alguém acreditava que isso não ia chegar um dia? É um passo a mais da estratégia do Google para conquistar a web e a ele mesmo para um futuro Google OS, sobretudo por algumas das características implementadas.

 

 

Apesar do apoio que a Firefox tem recebido da empresa do buscador, Google Chrome não estará baseado neste, ele utilizará o motor de renderização do Safari da Apple, WebKit, o que supõe um respaldo importante para este navegador, cujo motor já roda em Windows, Mac, iPhone, Symbiam S60,…

Como máquina virtual para Javascript está sendo desenvolvido uma desde o início, chamada V8, otimizada e que acelerará a execução deste código, algo básico pois todas as aplicações do Google na web o usam de forma intensiva.

Outros detalhes do Google Chrome paracem ser derivados diretos de outros navegadores, como a barra de endereço com autocomplete, chamada Omnibox, e que permite realizar buscas não só em endereços, como também em títulos, realiza sugestões,…

A página por padrão será muito similar ao Speed Dial do Opera, com uma série de miniaturas que nos mostrarão as nove páginas mais visitadas, além das buscas recentes, marcadores e tabs fechadas recentemente.

Também encontramos um modo de navegação privada, chamado Incognito, similar a InPrivate, incluído no Internet Explorer 8, que não são guardados dados que tenhamos acessados nesta sessão.

Finalmente, também inclui a possibilidade de executar aplicações web em sua própria janela independente, como Prism, como uma forma de trazer ainda mais as aplicações web e as de desktop.

No momento não se sabe muito mais do Google Chrome, um projeto que o Google está mostrando de forma muito curiosa: através de um desenho que está sendo enviado por correio para diversos jornalistas e bloggers.

Teremos que testar este novo navegador quando ele estiver disponível, pois tratando-se de Google com certeza receberá um forte apoio. Por estar baseado em um projeto aberto, como é WebKit, fará com que a fragmentação na web aumente ainda mais. A guerra entre navegadores tem um novo ator…

Via Genbeta

Anúncios

3 comentários

  1. Muito bom… creio também que um dia a Google possa vir a lançar seu próprio sistema operacional, mas mais para frente quando a internet vir a ser mais importante que o computador em sim, esperar a clounding computing evoluir e se solidificar.

  2. É Pedro… E isso não vai demorar muito. A Web 2.0 tá aí para não nos desmentir. Se pensarmos que a pouco mais de 12 anos eu acessava BBS com modem a lenha (eta nostalgia!) e hoje estamos com conexões na casa do mega. Já já estaremos com o Google OS XXI.

    Obrigado pela visita!

    Não deixe de nos visitar também no Blog do Maragao em http://maragao.brogui.com

    Abraços,

    Marcus Aragão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s