Microsoft Speed Launch, um interessante disparador de aplicações

Diretamente do Office Labs da Microsoft nos chega Speed Launch, um interessante disparador de aplicações e arquivos em que Redmond está trabalhando, e que promete converter-se em uma alternativa a outros disparadores “Windowseiros” com o Launchy.

 

Para chamar o Speed Launch devemos pressionar as teclas “Windows”+C, com que se abrirá um quadro como o que aparece acima, com acessos diretos a 5 aplicações utilizadas com maior frequência, e também com um quadro de texto com autocomplete na qual poderemos escrever o nome da aplicação / pastas / documento que queremos abrir, no caso de não aparecer nos botões de acessos diretos. Além disso, Speed Launch incluiu funções que nos permitem buscar diretamente no Wikipédia, Live Search Images, Google, etc. Para usá-las devemos selecionar um destes buscadores (que já vem configurados por padrão) e escrever as palavras chaves no quadro de diálogo que nos aparecerá.

Outra coisa interessante deste disparador é a possibilidade de adicionar acessos diretos com um simples arrastar e soltar. Com ele aberto nos aparecerá a todo o momento um ícone semitransparente em forma de tiro ao alvo, se queremos adicionar algum elemento ao Speed Launch, simplesmente arrastamos este elemento (seja uma aplicação, arquivo, página web para a barra de links, etc.) até o ícone do canto inferior direito. Em seguida será perguntado pelo nome que queremos dar, e Voilà!

A idéia deste disparador é que termine convertendo-se em algo parecido com QuickSilver suportando plug-ins que nos permitam realizar diversas ações através de um quadro de diálogo. Mas como ainda não podemos instalar plug-ins, o que se pode fazer agora é adicionar nossas próprias funções ao Speed Launch, é dizer, adicionar buscadores como YouTube ou Flickr para que possamos fazer consultar neles diretamente a partir do disparador. Para isto deveremos fazer uma busca no serviço que queremos adicionar e em seguida arrastar a página resultante ao ícone de tiro ao alvo, como se estivéssemos guardando uma página qualquer, mas ao guardá-la adionamos um ponto ao nome (por exemplo “Flickr.“), o que permitirá ao Speed Launch saber que desejamos adicionar uma função. Posteriormente nos mostrará a URL original da página e nos pedirá que destaquemos a parte dela na qual se colocarão as palavras chaves cada vez que fizermos uso da função.

Se nos incomodamos com o ícone que Speed Launch mostra no desktop, podemos reduzir seu tamanho, ou também ocultá-lo. Se nos arrependemos disto sempre poderemos faze-lo aparecer de novo pressionando as teclas “Windows”+C e desativando a opção Hide Desktop Bullseye. O que podemos ver de cara nesta ferramenta é seu mau rendimento, já que ocupa 30 MB de RAM estando inativo, algo totalmente inaceitável para uma ferramenta que corre em segundo plano.

No momento, Speed Launch só está disponível em Inglês e requer o .NET Framework 2.0 instalado. Nesse link: Video: Introduction to Speed Launch  você poderá ver um vídeo que mostrará de forma mais clara o seu funcionamento.

Link | Speed Launch

Via Genbeta

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s